Bolsonaro acusa Marcelo Ramos de ser o responsável pela aprovação do ‘fundão’ partidário

Deputado amazonense fala grosso com o presidente e o desafia para um debate. “Tem coragem ou vai fugir?”, provoca Ramos

Omar Define os passos da CPI e antecipa detalhes da investigação

Teatro Amazonas abre as portas para o público

Ranking define posição da UEA entre as melhores universidades do Brasil

Vacina acaba novamente e hoje não tem a primeira dose contra a Covid-19

Governador formaliza hoje as comissões que vão fazer o concurso para a Segurança Pública

Bolsonaro mira em Ramos

Por um dia, o presidente Jair Bolsonaro esqueceu-se do senador Omar Aziz (PSD-AM) e direcionou sua mira para o deputado federal e vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM) . Bolsonaro acusou Marcelo Ramos de ser o responsável pela aprovação do aumento para cerca de R$ 6 bilhões do fundão eleitoral para 2022 . “O responsável por aprovar isso aí é o Marcelo Ramos, lá do Amazonas”, disse, acusando o deputado amazonense de atropelar, ignorar e de passar por cima ao colocar em votação o “fundão” no meio da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), sem destacá-lo. “Pelo amor de Deus! O estado do Amazonas ter um parlamentar como este!”, criticou. Bolsonaro saiu em defesa dos filhos e de parlamentares da base do Governo que foram criticados nas redes sociais por votarem a favor do aumento de 185% do fundão.

Marcelo Ramos fala grosso

Mesmo estando no interior do Amazonas, o deputado Marcelo Ramos gravou um vídeo em que afirma que “quem encaminhou a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) com o novo valor do fundão (embutido) foi o Governo Bolsonaro. E quem articulou a aprovação do fundão na Comissão Mista do Orçamento e no plenário foram os líderes do Governo de Bolsonaro”, respondeu Ramos, lembrando que, como presidente da sessão, sequer votou, ao contrário dos filhos do presidente, tanto na Câmara quanto no Senado.

Desafio para o debate

E no Twitter, Marcelo ainda desafiou Bolsonaro a um debate para discutir o fundão. “Pode escolher o dia, local e horário. Estarei lá!Sem medo! Se quiser, já falamos dos sobrepreço de vacinas, rachadinhas e outras maracutaias! Tem coragem ou vai fugir?”, instigou o vice-presidente da Câmara. Ele também desafiou Bolsonaro a vetar o fundão.

Apoio da indústria nacional

Marcelo Ramos enfrenta também outra frente de luta, dessa vez a favor da Zona Franca de Manaus, e ganhou na semana passada, finalmente, o apoio dos representantes da grande indústria nacional: CNI e Abimaq. Veja matéria completa daqui a pouco, no ÚNICO.

Amazonino retorna a São Paulo

O ex-governador Amazonino Mendes retorna nesta terça-feira a São Paulo, depois de passar quase um mês fazendo articulações políticas em Manaus. Amazonino deve retornar em agosto já filiado a um partido político, possivelmente o Democratas (DEM).

Omar define caminhos da CPI

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD) disse que o relatório da comissão vai revelar “crimes contra a vida, os crimes sanitários”. Omar afirmou que a questão do momento não é descobrir, somente, se o governo é corrupto ou não. “Pior são as vidas que se perderam pelas brincadeiras de gabinetes paralelos”. Por causa do recesso, as sessões da CPI retornam dia 3 de agosto.

Concurso para Segurança Pública

O governador Wilson Lima vai anunciar hoje (19) a criação das comissões responsáveis pelo concurso público que vai abrir pelo menos 2,5 mil vagas no setor da Segurança Pública, para atender os cinco órgãos que fazem parte do sistema. A maioria deles não faz concursos há pelo menos dez anos.
Lima vai fazer o anúncio durante a entrega, no estacionamento da Arena da Amazônia, de novos equipamentos para as forças de segurança, no total de R$ 12,8 milhões. São mais de 15 mil munições e 7,8 mil coletes balísticos para as Polícias Civil e Militar.

Vacinação só da segunda dose

A Prefeitura de Manaus informou que, pela segunda vez, as doses de vacina contra a Covid-19 se esgotaram durante a vacinação do público acima de 18 anos, no final de semana. Nesta segunda-feira (19), portanto, a imunização só será feita entre o público que está com a segunda dose programada. Quando novos lotes de vacina chegarem ao Amazonas, a prefeitura retomará o serviço.

Espetáculo no Teatro Amazonas

O Teatro Amazonas vai voltar a receber o público, amanhã (20) com apresentação da Orquestra de Violões do Amazonas, a partir das 20h. A apresentação será transmitida pelo Facebook @culturadoam. Outras apresentações vão acontecer durante o mês no local.

UEA aparece em ranking britânico

A Universidade Estadual do Amazonas (UEA) aparece no ranking latino-americano do Times Higher Education, um dos principais indicadores de educação superior do mundo. A UEA ocupa o bloco de 101ª posição. A outra universidade pública do Amazonas, a Ufam, não aparece no levantamento.

Fonte: Portal Único

Qual sua opinião?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email
Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email