Traficante envia áudio para prefeito do Careiro Castanho cobrando cumprimento de acordo

Criminoso comandou os ataques incendiários no município em junho passado

Ministérios Público investiga várias denúncias contra a gestão de Natan Macena

O traficante Sérgio de Lira Medeiros, o “Mano S” enviou um áudio de WhatsApp ao prefeito reeleito do Careiro Castanho, Natan Macena (Republicanos), em que ele acusa diretamente o chefe do Executivo de “pegar dinheiro do tráfico” para fazer sua campanha política e de usar o trabalho do criminoso e pagar “com cadeia”. O áudio vazado, sem maiores informações, foi publicado no Blog do Hiel Levy, nesta tarde.

O Careiro Castanho foi um dos municípios mais atingidos pelos ataques incendiários no Amazonas, em 7 de junho passado, e o traficante “Mano S” foi preso durante as operações “Mão de Ferro” como mandante dos incêndios.

Ainda na “Mão de Ferro”, a Polícia Civil do Amazonas prendeu o chefe da Guarda Municipal do Castanho, Jair Gomes de Moura, acusado colaborar com o grupo de “Mano S”, uma vez que o servidor apagou as imagens das câmeras de segurança da prefeitura, para impedir a identificação dos criminosos. Gomes de Moura é homem de confiança do prefeito Natan Macena.

Ministério Público

O prefeito Natan Macena já está sendo investigado, há quase um ano, pelo MInistério Público do Amazonas (MPAM), que apura denúncia de enriquecimento ilícito feita pelo seu próprio vice-prefeito, Tay Lira (PSC), que alegou que, mesmo recebendo um salário médio de R$ 18 mil, comprou uma casa em Manaus, em 2018, pelo valor de R$ 750 mil, do filho do deputado Silas Câmara, Héber Câmara, que é corretor de imóveis. Também comprou dois veículos de luxo e iniciou a construção de uma casa de dois andares na beira do rio Castanho.

A gestão de Macena também é acusada de apropriação indébita de parte dos salários de servidores municipais, que fizeram empréstimos consignados na Caixa Econômica Federal (CEF) e o desconto é feito todo mês na folha salarial, mas o valor não é repassado para o banco.

E há ainda investigação sobre os recursos que foram repassados pelo Governo ao município, para combate à Covid-19, que até este ano já somaram R$ 13 milhões, especificamente para ações contra o coronavírus.
Ouça aqui o áudio do traficante.

(Atenção! O áudio contém palavras de baixo calão)

Fonte: Portal Único

Qual sua opinião?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email
Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email